Ritmos Cíclicos

Yin Yang

“Tudo tem um fluxo e refluxo; tudo tem suas marés; tudo sobe e desce; tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda; o ritmo é a compensação.” O Caibalion 

Pare um minuto, feche seus olhos e lembre-se de todos os momentos da sua vida deste que você está aqui neste planeta nesta forma humana, não é preciso se esforçar muito para perceber que tudo acontece de forma cíclica, parece que passamos por alguns ciclos na infância, na Adolescência, na vida adulta, as vezes até temos a sensação que sabemos o que está por vir, pois ja passamos algumas vezes pelo mesmo ciclo.

Isto vale para nós, e tudo mais que compõe nosso mundo, não existe inércia em nenhum momento, em nenhum objeto, tudo está em constante transformação, e existe um ritmo regendo toda esta mutação, fica mais claro pra gente pensar no pêndulo de um relógio antigo, ou lembrar de ditados populares: “tudo que vai volta”; “toda ação tem uma reação”, aposto que você já se identificou com alguns destes ditados em algum momento.

A grande questão é que quando nos despertamos para estas leis universais, e o Ritmo é apenas uma delas, nós começamos a perceber com mais frequência elas agindo em nosso dia dia, e isso faz com que nós, nos cobremos mais, pois sabemos que podemos mudar nossa realidade.

Como vivemos em ritmos cíclicos, é preciso aceitar que é necessário passar por algumas fases na nossa vida, e mais do que aceitar passar por fases não tão boas é ter a certeza que são apenas um momento, que vão passar também.Não adianta lutar contra algumas coisas e nem se martirizar por algo que não está no seu controle. Existem momentos de extroversão e de introversão, existem momentos de transição que você precisa se recolher no porão do navio e esperar a tempestade passar, o que é bem melhor do que tentar lutar com as ondas gigantes que você nada pode fazer para diminuí-las.

Já dizia um grande amigo: “Agora você tem recursos. Azar seu. Você se cobra mais. Se cobra porque sabe que pode intervir em sua realidade. Se cobra porque tem subsídios para mudá-la. E sofre porque não consegue.” em Autoconhecimento. Quem disse que seria fácil? por José Carlos Carturan.

Talvez seja apenas um desabafo, talvez não. Talvez este texto sirva para você, talvez não, de qualquer forma, desejo que nós saibamos transitar nos mais variados ritmos e que as vezes uma dificuldade seja importante para nosso crescimento.

A propósito, preste atenção na letra nessa música, pode ser que você goste:

“Foi só com uma certa idade
Que compreendi que a dualidade
É a didática usada pelo céu
Que toda a aventura humana
Por mais sagrada, por mais profana
É frágil feito um barco de papel”

Everton Lima é Desenvolvedor Web, aficionado por tecnologia e café, Practitioner em PNL, com formação em Hipnose e ciclista amador.

Everton Cerqueira Everton Lima Cerqueira
Agência SOMA - Especializados em WordPress
São José dos Campos, São Paulo, 12233 Brasil
http://www.evertonlima.net

2 thoughts on “Ritmos Cíclicos

  1. Show, curti o texto, é isso aí, segundo a física quântica basta apenas para um elétron receber ou perder 1 quanta de energia para que ele salte para outra órbita no átomo e com isso mudar de frequência, ou seja, alterando sua energia você altera sua frequência consegue dar um salto quântico, afinal somos feitos dos mesmos átomos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *